Necessidade de inserção

Há muito tempo atras John Donne disse: “O Homem não é uma ilha para que viva isolado”, visto que o ser humano desde então continuou sendo o ser humano, esta frase continua sendo uma verdade absoluta.


Estamos vivendo uma época bem inusitada, na qual vemos que alguns tem negado verdades que dantes tínhamos como absolutas, e uma destas verdades é que o homem necessita de socialização, ou seja, o homem é um ser social, ao ponto de quando se deseja entrar ou é recém chegado em um grupo social novo, o individuo começa a estudar e imitar os comportamentos do grupo em questão e ele o faz não só porque quer misturar-se, mas, por puro instinto. Instinto esse que proporciona que o individuo possa usufruir dos benefícios do grupo desejado, que pode-lhe fornecer provisão, Status, poder, Glória, acolhimento ou outra vantagem qualquer.



Entendendo que isto é mais do que natural(literalmente), existe um “Grupo” de pessoas que alegam não ter necessidade de interação alguma e não estão inseridas em nenhum tipo de conjunto social. Creio que isso seja impossível, devido ao fato de que todos estão envolvidos em algum círculo social direta ou indiretamente.


Vejamos alguns círculos sociais bem abrangentes:


Família – a família é o nosso primeiro circulo social, onde aprendemos a dividir, respeitar, amar, obedecer, falar e dialogar.


Escola – um dos círculos basais da vida, que a grande maioria passa a frequentar durante algum tempo, para entender que as diferenças devem ser respeitadas, para entender como funciona a sociedade de forma geral, suas histórias, suas formas de comunicar-se, nela aprendemos que todos tem uma função.


Trabalho – um dos círculos sociais mais Duros da vida, onde aprendemos que o mundo pode ser injusto as vezes, que o trabalho árduo sempre dá resultado, que nem todos ao seu redor querem o seu bem, que a trapaça uma hora cobra o seu preço, que devemos nos impor para defender o que acreditamos ser certo.


Vizinhança – aqui podemos abstrair conceitos bem específicos como, existem pessoas que são boas para convidar para um churrasco, mas não para encher uma laje.


Internet – nas redes sociais aprendemos que todos preferem mostrar conteúdos que nos façam acreditar que a vida das pessoas são melhores do que realmente são.


Igrejas – podemos encontrar paz para a alma, e entender que a vida não é nada sem um propósito, um bom exemplo é viver para agradar a Cristo.


Estas são alguns dos círculos, porém, existem infinitos outros, como clube do livro, torcidas de futebol, praticantes de artes marciais, jogadores de videogames, admiradores de algumas personalidade ou celebridade, afiliados políticos ou fãs de artistas.


Temos então um fato, que é bom e natural que alguém se inclua em algum grupo e com ele interaja para sua saúde mental, e que aqueles que negam essa verdade inquestionável, deixem que este grupo cresça, quem sabe algum dia eles percebam em suas interações o tamanho dessa ironia.


Afinal é assim que o ser humano se organiza e evolui, fazendo com que um monte de metal retorcido possa voar pelo mundo inteiro levando pessoas dentro sem cair no chão ou que um monte de areia queimada, plástico e metal possam fazer com que pessoas interajam em distancias enormes e você possa ler este texto.


Deixe seu comentário e vamos dialogar!!!

23 visualizações2 comentários

Posts recentes

Ver tudo