top of page

Um Grandioso Propósito

Estava eu pensando a respeito de uma passagem do livro/filme “O senhor dos Anéis” do autor J.R.R.Tolkien.


Ao longo de uma masmorra escura um grupo que busca salvar a Terra Média se encontra encurralado, e, o personagem mais sábio do grupo se põe a frente do grupo para enfrentar o obstáculo afim de que o grupo pudesse progredir em sua busca. Mas ao perceber o quão difícil será o desafio, o sábio se dá conta que, para vencer, Gandalf terá que se sacrificar para que o propósito individual e do grupo possa ser alcançado. Então é exatamente o que ele faz, se sacrifica para que o grupo possa seguir em frente.


Refletindo nisso me pus a pensar sobre o que deve ser um propósito pelo qual se deva lutar.


Seria o sucesso financeiro um bom propósito de vida? A resposta é não, pois aqueles que se colocam a fazer de tudo para adquirir bens e recursos, acabam se esquecendo das demais pessoas e de doar-se a favor do seu próximo (afinal esse é o significado de sacrifício).


Essas pessoas tendem a conseguir o seu objetivo rapidamente, mas acabam perdendo completamente o foco, negligenciando o cuidado ao próximo, e muitas vezes, perdendo a alegria de viver. Vide o exemplo dos jogadores de Futebol que alcançam seus sonhos e depois perdem até mesmo a felicidade em seu trabalho, no caso o futebol.


Seria então encontrar o Amor verdadeiro um propósito aceitável?


Penso que não! É verdade que encontrar alguém para compartilhar conosco algo especial que dure a vida toda é realmente difícil e igualmente gratificante, e tendo encontrado esta pessoa especial, aquele que dedicou o seu tempo nessa busca, mesmo estando feliz pela pessoa ao seu lado, poderia se frustrar ao perceber que essa busca ainda não teria sido o verdadeiro propósito.


Quem sabe perseguir uma saúde física invejável seria um bom propósito de vida?

Certamente não! Ser saudável física e mentalmente é a chave para ser um bom membro da sociedade, porém, como propósito é algo fútil, não que estar saudável seja fútil, mas objetivar isto como um propósito de vida é.


Estar bem consigo mesmo, esse sim seria um bom propósito de vida?


Jamais seria! Este pode ser chamado no mínimo de egoísmo e no máximo de megalomania.


Então tendo eliminado tantas opções, só resta buscar como propósito de vida ser uma boa pessoa, aquele que se esforça para impactar a vida de todos que o rodeiam de forma positiva, sendo um bom trabalhador, um bom funcionário, um bom vizinho, um bom marido/esposa, um bom pai (não de Pet), um bom exemplo para os outros e isto não se alcança com 10 anos de esforço, nem mesmo com 20 ou 30, mas leva-se uma vida toda para conquista este objetivo.


Sendo o Cristão que sou, acredito que o caminho para se alcançar esse Grandioso propósito é através de Cristo, afinal o próprio Cristo se sacrificou para salvar o mundo, ser o exemplo dos que viriam depois, parece que com ou sem querer J.R.R.Tolkien se inspirou em Cristo para mostrar que o Grandioso propósito é sacrificar-se para salvar os outros.

79 visualizações10 comentários

Posts recentes

Ver tudo

10 Comments


Maicon Gomes
Maicon Gomes
Oct 28, 2021

Real total,as vezes perdemos tempo tentando alcançar coisas fúteis q não nos agrega em nada! Parabéns egon

Like
Egon Viana Bento
Egon Viana Bento
Oct 28, 2021
Replying to

Real Total

Like

Fer Nanda
Fer Nanda
Oct 28, 2021

Tão importante quanto ser feliz, é fazer o bem ao próximo, é procurar ser um ser humano melhor, ouvir e aconselhar como se fosse um conselho pra si mesmo, respeitar o próximo e sias escolhas... Tudo isso eu vejo como propósito. Ser melhor e fazer o bem. 😊

Like
Egon Viana Bento
Egon Viana Bento
Oct 28, 2021
Replying to

Conceito entendido com Sucesso.

Like

Neide Bispo
Neide Bispo
Oct 28, 2021

Excelente artigo. Todo propósito envolve pessoas..

Like
Egon Viana Bento
Egon Viana Bento
Oct 28, 2021
Replying to

#Fato

Like

Egon Viana Bento
Egon Viana Bento
Oct 28, 2021

Tmj Silvão. concordo que precisamos apresentar as características de Cristo

Like

Alexandre Santiago
Alexandre Santiago
Oct 28, 2021

Já conversamos diversas vezes sobre as analogias cristãs na obra de Tolkien, q está repleta delas. Gandalf, assim como outros outros Istari (Magos), são enviados de Eru Iluvatar para intervir na Criação. Nessa analogia Eru o equivalente a Deus e os Istari, aos anjos – inclusive tendo um deles, Saruman, o mais brilhante dentre eles, se corrompido (o anjo caído?). Gandalf representa o sacrifício e também a ressureição, e aquele que o fim protege e garante a vitória da humanidade sobre as forças da escuridão.

Um bela analogia cristã.


Like
Egon Viana Bento
Egon Viana Bento
Oct 28, 2021
Replying to

Top! Não falaria melhor.

Like
Post: Blog2_Post
bottom of page